OS 6 PASSOS PARA CIDADANIA ITALIANA

Busca de documentos
Busca de documentos

Esta é a primeira etapa do processo de reconhecimento da cidadania italiana. Deverá reunir uma série de certidões que comprovem a sua origem italiana.

saiba mais
Análise dos documentos
Análise dos documentos

Após ter encontrado todas as certidões, estas deverão ser analisadas para verificar que não existam impedimentos ao reconhecimento da cidadania italiana.

saiba mais
Preparação dos documentos
Preparação dos documentos

Verificada a viabilidade do reconhecimento, a documentação deverá ser preparada, traduzida e apostilada!

saiba mais
Escolher a forma do reconhecimento
Escolher a forma do reconhecimento

É hora de escolher de que forma você irá solicitar o reconhecimento da cidadania.

Judicial? Diretamente na Itália? Consulado?

saiba mais
Processo de reconhecimento
Processo de reconhecimento

Neste momento, dependendo da forma de reconhecimento que escolheu, o seu processo estará tramitando e você aguardando a conclusão.

saiba mais
Você é um cidadão italiano!
Você é um cidadão italiano!

Parabéns, você foi reconhecido cidadão italiano, desde o dia que você nasceu! A partir de hoje pode emitir o seu passaporte e aproveitar os benefícios de ser um cidadão europeu!

saiba mais

Nossos serviços - Tirar Cidadania Italiana

Oferecemos diversos serviços tanto para pessoas que buscam sua cidadania italiana, quanto para quem já possui ou apenas quer conhecer a Itália.

A Nostrali está pronta para lhe auxiliar no processo de como tirar cidadania italiana. Temos diversos serviços, e você escolhe o melhor para realizar o seu sonho.

para quem já tem cidadania ou quer viajar

Cadastro Consular AIRE
Atualização de estado civil

a nostrali

Sabe qual é o motivo que torna a Nostrali a melhor escolha para o seu processo de cidadania italiana? Compromisso com a palavra. Cidadania italiana preço qualificado, conheça um pouco do nosso trabalho e solicite um orçamento

escritório no brasil e na itália

Possuimos dois escritórios, em Caxias do Sul, no Brasil e na Itália, na região da Toscana. Duas equipes de profissionais formados em cada país.

segurança e confiabilidade

Fornecemos um serviço transparente e consciente, baseado em conhecimento técnico jurídico, para que nossos clientes se sintam protegidos e corretamente representados na busca dos seus próprios direitos.

Equipe qualificada

Contamos com uma equipe com mais de 20 profissionais especializados, incluindo departamento jurídico, administrativo e contábil.
Em um processo tão importante para a história da sua vida, confie essa missão para uma empresa estruturada e sólida no mercado.

Maior empresa no mercado

A estrutura de equipe da Nostrali é uma das maiores do mercado. Contamos com mais de 20 apartamentos, escritórios físicos no Brasil e possuímos uma experiência de mais de 500 reconhecimentos finalizados nos consulados e em território italiano nos últimos 3 anos.

escritório na itália • toscana

conheça mais

escritório no brasil • caxias do sul • serra gaúcha

conheça mais

veja o depoimento de quem já fez a cidadania italiana com a Nostrali

ver depoimentos

perguntas frequentes

Tenho direito à cidadania italiana por casamento?

Todos que mantêm casamento civil com cidadão europeu podem solicitar a cidadania italiana por naturalização se cumprirem os seguintes requisitos:

1. conhecimento do idioma italiano nível B1

2. se residentes fora da Itália: casamento civil há 3 anos, se tiver filho o tempo reduz pela metade

3. não ter antecedentes criminais

Por que reconhecer a cidadania italiana

O reconhecimento da cidadania italiana é um direito previsto por lei de todos que tem sangue italiano, ou seja, de todos aqueles que possuem um antepassado italiano. Obviamente devem ser cumpridos alguns requisitos legais e a transmissão da cidadania não deve ter sido interrompida entre as gerações. Além de ser um resgate das próprias origens, a cidadania italiana traz muitas vantagens. Leia a nossa página sobre as vantagens de ser italiano: Vantagens de ser italiano

O que é tradução juramentada e para que serve?

A tradução juramentada no Brasil é uma tradução feita por um tradutor que, após aprovação em concurso público, passa a ser habilitado em um ou mais idiomas estrangeiros e português e cujas traduções são reconhecidas oficialmente por instituições e órgãos públicos no Brasil. 

Para apresentar uma tradução aos órgãos públicos brasileiros (cartórios, tribunais, etc.) a tradução deve obrigatoriamente ser feita por tradutor juramentado brasileiro. Por exemplo, se você precisa retificar uma certidão em um cartório no Brasil, deverá traduzir o documento comprobatório para o idioma português, contratando um tradutor brasileiro juramentado.

Para apresentar uma tradução aos órgãos públicos italianos (consulados, comuni, etc.) é preferível que a tradução seja feita por tradutor italiano inscrito na Junta comercial italiana ou no tribunal italiano. Por exemplo, se você está indo para Itália fazer o seu reconhecimento ou está entregando a sua documentação para o Consulado italiano no Brasil, deverá traduzir as certidões brasileiras para o italiano e, neste caso, é preferível contratar um tradutor italiano por questões de qualidade da tradução e de credibilidade perante os órgãos italianos.

Sou descendente de italianos, porém não tenho sobrenome italiano. Isso é um problema?

Não, isso não é um impedimento ao reconhecimento da cidadania italiana. A cidadania italiana ius sanguinis é transmitida por filiação, por sangue. Ou seja, é suficiente você ter um italiano(a) na sua árvore genealógica para poder solicitar o reconhecimento da cidadania italiana. Vamos fazer um exemplo: seu bisavô veio da Itália, depois nasceu a sua avó e depois veio o seu pai o qual, porém, não tem o sobrenome italiano porque nasceu de uma mãe italiana que não passou o sobrenome para ele. Você mesmo assim tem direito à cidadania italiana, obviamente deverá verificar que não existam impedimentos documentais.

Quem tem direito à Cidadania Italiana?

DIREITO À CIDADANIA ITALIANA

Para descobrir quem tem direito à cidadania italiana o primeiro passo é verificar a existência de um antepassado italiano na árvore genealógica, e, posteriormente, analisar as certidões. Apenas assim teremos a certeza de que é possível proceder à apresentação do pedido de cidadania italiana.


Após a reunião de todas as certidões comprobatórias da origem italiana, deverá ser verificada a continuidade da transmissão da cidadania italiana entre as gerações, assim como a não naturalização do antepassado italiano e a clareza das informações constantes nos documentos, para que o oficial que irá receber o pedido de reconhecimento não tenha dúvidas acerca da descendência.
 

 

QUEM TEM DIREITO À CIDADANIA ITALIANA?

O direito à cidadania italiana é reconhecido via Jus Sanguinis, ou, em outras palavras, direito de sangue. Todo filho de uma cidadã italiana, que tenha nascido após 1948 fora do país, tem o direito à cidadania italiana.


Sendo assim, quem tem direito à cidadania italiana precisará verificar a árvore genealógica da família e buscar saber a origem do descendente italiano mais próximo.

Todavia, é importante atentar para alguns pontos acerca de quem tem direito à cidadania italiana.


 

DIREITO À CIDADANIA ITALIANA POR DESCENDÊNCIA

Qualquer cidadão brasileiro, que tenha como comprovar sua origem italiana, tem o direito de se tornar um cidadão ítalo-brasileiro e garantir sua cidadania italiana.

Contudo, vale ressaltar que o parente italiano mais próximo não pode ter abdicado de tal cidadania. Porém, se isso ocorreu somente após o nascimento de algum filho seu, esse passa a ser o descendente italiano mais próximo de uma árvore genealógica.


Outro ponto de destaque é sobre o direito à cidadania italiana às descendentes mulheres. Até 1º de janeiro de 1948, nenhuma mulher italiana transmitia o direito à cidadania italiana para seus descendentes. Então, caso seu parente mais próximo seja alguém que tenha a mãe italiana e não o pai, e tenha nascido antes dessa data, poderá requerer o reconhecimento da cidadania italiana somente por via judicial.
 

Cidadania Italiana - o que é via materna (1948)?
 

O Ordenamento Jurídico da Itália estipulava que somente os filhos de pai italiano recebiam a transmissão da cidadania italiana. A mãe italiana casada com um estrangeiro perdia a nacionalidade italiana e, consequentemente, não a transmitia para o seu filho.


No Brasil há milhares de descendentes de mulheres italianas que durante muito tempo ficaram impedidos de pedir o reconhecimento e de ter o direito à cidadania italiana, já que os Órgãos Administrativos responsáveis (Comune e Consulado) sempre se negaram a reconhecê-la. Hoje é possível solicitar o reconhecimento mediante via judicial.


Saiba quem tem direito à cidadania italiana. Veja o nosso esquema simplificado para entender se você se encaixa neste caso.
 

cidadania-italiana-quem-tem-direito

 

DIREITO À CIDADANIA ITALIANA VIA CASAMENTO

Outro tópico bastante lembrado sobre quem tem o direito à aquisição da cidadania italiana é em relação ao casamento. Esse processo tem sofrido alterações com o passar dos anos, por isso, é muito importante estar atento às determinações legais.


Apenas esposas de cidadãos italianos que se casaram antes de 27 de abril de 1983 podem obter a cidadania automática por casamento. No caso de homens estrangeiros que se casaram antes desta data, não é possível requerer a cidadania italiana da esposa.


 

DIREITO À CIDADANIA ITALIANA VIA NATURALIZAÇÃO

Para os estrangeiros que se casaram com um cidadão (ã) italiano (a) após 27 de abril de 1983, há a opção de naturalizar-se por casamento. Por sua vez, essa naturalização é um direito à cidadania italiana de qualquer pessoa, homem ou mulher, que seja casada legalmente com um italiano (a) e cumpra todas as exigências do processo pode se naturalizar italiano através do casamento.

Melhores Formas de Conquisitar a sua Cidadania Italiana

Cidadania Italiana via Consulado

Se você busca economia a Cidadania Italiana via consulado é uma ótima opção, porém é a forma mais procurada e demorada de reconhecimento.

Para prosseguir no processo de solictação da sua cidadania italiana, será necessário preencher uma ficha no consulado italiano, pagar uma taxa por requerente, além de arcar com os custos da documentação que podem variar com a quantidade de pessoas.

A data para sua convocação é divulgada na Internet ou enviada por e-mail, porém ese retorno pode demorar anos para acontecer. Nessa data você deve comparecer no consulado com os documentos comprobatórios.
Esse processo em média dura 10 anos, o que requer calma e paciência do requerente.

Cidadania Italiana Via Comune

Na cidadania italiana via comune, o processo é realizado diretamente na Itália. “Comune” significa o equivalente a “município” aqui no Português do Brasil. Ela é realizada para aqueles que querem ir para a Itália constituir residência legal no País. Deve ser realizada pelo próprio requerente, mas é altamente recomendado que o mesmo não o faça sozinho e procure uma assessoria que lhe auxilie tanto com a documentação, quanto com o acompanhamento no Comune para entrega dos documentos.

É a forma mais rápida de obter a nacionalidade. Mas alguns processos um tanto quanto complicados devem ser seguidos a risca, como por exemplo: conseguir uma residência no país e se manter no local do começo até a aprovação.

Os processos em solo italiano variam de acordo com cada Comune, podendo demorar alguns poucos meses.


Na cidadania via comune o processo é realizado na Itália. É a forma mais rápida de conquistar a sua nacionalidade Italiana, e nós da Nostrali temos residências na Itália e ajudamos você a se manter no país até a aprovação da sua cidadania.

Nesse processo a cidadania italiana é solicitada diretamente no município ou “Comune” em italiano. Nós auxiliamos você de ponta a ponta até o dia da tão sonhada conquista.

Cidadania Italiana Via Ação Judicial

A demora de 10 a 15 anos para os consulados italianos determinarem os pedidos de reconhecimento da cidadania está muito acima do prazo limite estabelecido pela legislação italiana (730 dias).

Segundo a Jurisprudência italiana atual, isso constitui uma lesão de um direito pessoal de relevância constitucional que impõe a faculdade de recorrer à Autoridade Judiciária Italiana. Com isso, você pode conseguir a sua Cidadania Italiana Via Judicial, evitando assim os prejuízos advindos da inércia da administração pública italiana.

Naturalização Italiana via Casamento

Desde 1983 não é automatica a naturalização italiana de estrangeiros casados com italianos. Desde então é necessário que o cônjuge aguarde 3 anos ate que possa solicitar o reconhecimento.

Além da documentação o candidato deve ter um certificado de conhecimento do italiano B1 o que equivale ao nível intermediário.

Documentos para Cidadania Italiana

CONFIRA OS DOCUMENTOS PARA CIDADANIA ITALIANA PARA CADA CASO

Ter toda a documentação em mãos é a etapa mais importante da requisição da cidadania italiana.
 

É muito comum acontecerem problemas ou falta de documentos na hora de encaminhar a solicitação.


Um pequeno erro na documentação pode, por muitas vezes, cancelar todo o processo de obtenção da cidadania italiana, por esse motivo, é muito importante a assessoria de nossos advogados para a requisição ser o mais assertiva possível.

 

Seja por via judicial ou via administrativa a documentação necessária para requerer a sua cidadania italiana está listada abaixo.
 

- Certidão italiana de nascimento do antepassado;
- Certidões brasileiras de toda a linha de descendência que liga o candidato ao ascendente italiano;
- Certificado de casamento de toda a linha de descendência;
- Certidões de óbito (caso tenha do antepassado italiano);
- CNN – Certidão Negativa de Naturalização do antepassado italiano;
- Tradução juramentada e apostilamento das certidões brasileiras;
 

Caso o antepassado do candidato seja de uma época na qual o registro civil não era usado, é aceito o certificado do batismo emitido pela paróquia.


 

ENCONTRANDO AS CERTIDÕES PARA SUA CIDADANIA ITALIANA

A melhor opção para encontrar as certidões para sua cidadania italiana é através de uma assessoria especializada e de confiança.
 

Também é possível encontrar as certidões para cidadania italiana por conta própria, embora não seja tão aconselhado, devido aos pequenos detalhes que devem ser analisados neste momento e que podem passar facilmente despercebidos.
 

Conte com a assessoria especializada da Nostrali para a concretizar este grande sonho: a sua cidadania italiana.

 

DOCUMENTOS PARA CIDADANIA ITALIANA VIA MATERNA OU PATERNA

Os documentos necessários para o processo de sua cidadania italiana dependerão de quem é seu ascendente italiano.
Quanto mais distante o ascendente italiano estiver na árvore genealógica, mais documentos serão exigidos.

 

DOCUMENTOS PARA CIDADANIA ITALIANA REFERENTES AO ASCENDENTE ITALIANO

- Registro de Nascimento original do antepassado italiano que originou o direito à cidadania italiana;
- Certidões negativas de naturalização;
- Certidões de casamento;
- Certidões de óbito, se houver.

As certidões deverão ser recentes e em inteiro teor.
 

Fatores de atenção para assegurar o seu direito à cidadania italiana:

- O seu direito à cidadania italiana não é prejudicado caso o ascendente italiano tenha se naturalizado brasileiro, desde que seus filhos tenham nascido antes do decreto da naturalização. Nesta ocasião, a apresentação da segunda via original da certidão positiva de naturalziação se faz necessária;

- Se o ascendente italiano residiu em outros países além de Brasil e Itália, será solicitada uma certidão negativa de naturalização juntamente às autoridades do país em questão para incluir na documentação para sua cidadania italiana;

- Caso o ascendente casou na Itália, será necessário apresentar o registro de casamento expedido pelo Comune;

- Se o ascendente italiano tenha se casado duas vezes, será necessário apresentar o registro do primeiro casamento, além do documento de divórcio ou eventual óbito da primeira esposa, e o registro do segundo casamento;

- Se o casamento ou o óbito ocorreram em outro país, sem ser Brasil e Itália, será necessário apresentar a respectiva certidão juntamente às autoridades do país que ela foi originalmente registrada;

- Caso o processo de cidadania italiana seja feito via judicial na Itália, é necessário também o protocolo ou comprovante de inscrição na fila do consulado italiano.
 

 

DOCUMENTOS PARA CIDADANIA ITALIANA EM CASO DE FILHOS ADOTADOS

Será necessário apresentar a cópia do processo judicial de adoção, da petição inicial à sentença final.
 

Do processo completo, é necessário a tradução apenas da certidão de objeto e pé, petição inicial, ata de instrução e julgamento, sentença, trânsito em julgado.

 

DOCUMENTOS PARA CIDADANIA ITALIANA NO CASO DE FILHO MENOR DE 18 ANOS

A certidão de nascimento do(s) filho(s) menor(res) devidamente validada e traduzida deverá ser apresentada pelo genitor italiano ao órgão público competente (consulado italiano ou comune).

Após apresentação da certidão, é realizado o registro de seu nascimento e a concessão da cidadania italiana.

É necessário que o genitor tenha todos seus dados atualizados no AIRE. Caso os dados estejam desatualizados, impossibilitará a emissão do passaporte italiano do filho menor e do genitor.

Após o registro realizado e já sendo cidadãos italianos, os menores poderão solicitar seus passaportes e demais documentos para cidadania italiana.

 

DOCUMENTOS PARA CIDADANIA ITALIANA PARA FILHOS DE ITALIANOS NATURAIS E MAIORES DE 18 ANOS

Documentação do genitor italiano nascido na Itália: Cópia simples de documentos de identidade e, caso possua, segunda via recente e original positiva de naturalização com apostila.
 

Documentos do filho:

- Formulário preenchido e assinado (Istanza di Riconoscimento Della Cittadinanza Italiana);
- Formulário preenchido e assinado (Modulo di Informazioni Personali);
- Cópia simples do RG;
- Comprovante de endereço (recente) em nome do filho ou cônjuge;
- Segunda via original da certidão de nascimento (traduzida e apostilada).

 

DOCUMENTOS PARA CIDADANIA ITALIANA POR MATRIMÔNIO

- Segunda via recente da Certidão de Nascimento;
- Certidão original de Antecedentes Criminais da Polícia Federal do Brasil;
- Certidão de Antecedentes Criminais dos países em que o requerente viveu após seus 14 anos de idade;
- Comprovante de residência;
- Certidão de casamento original (somente se o consulado não possuir o documento ou não tiver conhecimento dos dados da trascrição do matrimônio junto ao Comune italiano competente);
- Certificado de proficiência do idioma italiano em nível B1.

 

COMO FUNCIONA O APOSTILAMENTO DE DOCUMENTOS PARA CIDADANIA ITALIANA

O apostilamento de documentos é parte fundamental no processo de obtenção da cidadania italiana.
 

Os documentos deverão ser padronizados conforme exigência do consulado italiano.

O apostilamento em cartório habilitado na cidade de residência do requerente garante o padrão exigido aos documentos para cidadaia italiana.
 

 

CIDADANIA ITALIANA E A ANÁLISE DE DOCUMENTAÇÃO

Uma quantidade significativa de documentos deverá ser apresentada para requerir e obter a cidadania italiana.
 

As incoerências nestas documentações ou a falta de documentos são os maiores fatores que causam a não homologação.

Desta forma, a checagem dos documentos é muito importante.

A Nostrali está preparada e aguardando para ajudar você a conquistar a sua cidadania italiana.

Cidades Atendidas

Rio Grande do Sul - RS
Porto Alegre, Caxias do Sul, Canoas, Pelotas, Santa Maria, Gravataí, Viamão, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Rio Grande, Alvorada, Passo Fundo, Sapucaia do Sul, Santa Cruz do Sul, Cachoeirinha, Uruguaiana, Bagé, Bento Gonçalves, Erechim, Guaíba, Lajeado, Torres, Capão da Canoa, Xangri-lá, Tramandaí, Ijuí, Farroupilha, Santana do Livramento, Carazinho, Garibaldi, Carlos Barbosa, Cruz Alta, Parobé, Sarandi, Vacaria, Santa Rosa, Venâncio Aires, São Borja, Santiago, Gramado, Erechim.

Santa Catarina - SC
Joinville, Florianópolis, Blumenau, São José, Chapecó, Itajaí, Criciúma, Jaraguá do Sul, Palhoça, Lages, Balneário Camboriú, Brusque, Tubarão, Porto Belo, Bombinhas, Caçador, Concordia, Passo de Torres, Navegantes, Balneário Gaivota, Araranguá, São Miguel do Oeste.

Paraná - PR
Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu, Colombo, Guarapuava, Paranaguá, Araucária, Toledo, Apucarana, Pinhais, Campo Largo, Arapongas, Almirante Tamandaré, Piraquara, Umuarama, Cambé, Francisco Beltrão, Pato Branco, Medianeira.

São Paulo - SP
São Paulo, Guarulhos, Campinas, São Bernardo do Campo, São José dos Campos, Santo André, Ribeirão Preto, Osasco, Sorocaba, Mauá, São José do Rio, Preto, Mogi das Cruzes, Santos, Diadema, Jundiaí, Piracicaba, Carapicuíba, Bauru, Itaquaquecetuba, São Vicente, Santos, São Caetano do Sul, Taboão da Serra, Presidente Prudente, Araçatuba, Lençois Paulista, Botucatu, Guaratingueta, Guarujá, Ubatuba, Praia Grande, Adamantina, Marília.Teresópolis, Mesquita, Nilópolis, Rio das Ostras.

Goiás - GO
Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Rio Verde, Águas Lindas de Goiás, Luziânia, Valparaíso de Goiás, Trindade, Formosa, Novo Gama, Senador Canedo, Catalão, Itumbiara, Jataí.

Rio de Janeiro - RJ
Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Niterói, Belford Roxo, Campos dos Goytacazes, São João de Meriti, Petrópolis, Volta Redonda, Macaé, Magé, Itaboraí, Cabo Frio, Angra dos Reis, Nova Friburgo, Barra Mansa, Teresópolis, Mesquita, Nilópolis, Rio das Ostras.

Espírito Santo - ES
Serra, Vila Velha, Cariacica, Vitória, Cachoeiro de Itapemirim, Linhares, São Mateus, Guarapari, Colatina, Aracruz.

Minas Gerais - MG
Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem ,Juiz de Fora, Betim, Montes Claros, Ribeirão das Neves, Uberaba, Governador Valadares, Ipatinga, Sete Lagoas, Divinópolis, Santa Luzia, Ibirité, Poços de Caldas, Patos de Minas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Barbacena, Sabará, Viçosa, São Lourenço, Patrocínio, Alfenas, Itajuba, Unai, Oliveira.

Bahia - BA
Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Itabuna, Lauro de Freitas, Ilhéus, Jequié, Teixeira de Freitas, Barreiras, Alagoinhas, Porto Seguro, Simões Filho, Paulo Afonso, Eunápolis, Santo Antônio de Jesus, Luis Eduardo Magalhães.

Sergipe - SE
Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Lagarto.

Alagoas - AL
Maceió, Arapiraca.

Pernambuco - PE
Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Caruaru, Petrolina, Paulista, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Garanhuns, Vitória de Santo Antão, Igarassu, São Lourenço da Mata, Santa Cruz do Capibaribe.

Distrito Federal - DF
Brasília, Ceilândia, Samambaia, Taguatinga, Plano Piloto, Planaltina, Águas Claras, Recanto das Emas, Gama, Guará, Santa Maria, Sobradinho II.

Mato Grosso - MT
Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Guarantã do Norte, Sorriso, Nova Mutum.

Mato Grosso do Sul - MS
Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá.

Paraíba - PB
João Pessoa, Campina Grande, Sapé, Patos, Bayeux, Cabedelo.

Rio Grande do Norte - RN
Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba.

Ceará - CE
Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Sobral, Crato, Itapipoca, Maranguape, Iguatu.

Piauí - PI
Teresina, Parnaíba.

Maranhão - MA
São Luís, Imperatriz, São José de Ribamar, Timon, Caxias, Codó, Paço do Lumiar, Açailândia, Bacabal, Balsas.

Tocantins - TO
Palmas, Araguaína.

Pará - PA
Belém, Ananindeua, Santarém, Marabá, Parauapebas, Castanhal, Abaetetuba, Cametá, Marituba, Bragança, São Félix do Xingu, Barcarena, Altamira, Tucuruí, Paragominas, Tailândia, Breves, Itaituba.

Amapá - AP
Macapá, Santana.

Roraima - RR
Boa Vista.

Amazonas - AM
Manaus, Parintins, Itacoatiara.

Rondônia - RO
Porto Velho, Ji-Paraná, Ariquemes, Vilhena.

Acre - AC
Rio Branco.