blog

Custo para morar nas principais cidades italianas

08/12/2020 | Curiosidades
Custo para morar nas principais cidades italianas

O custo para morar nas principais cidades italianas é uma questão que preocupa muitos brasileiros que desejam viver na Itália.

Se você está em dúvida se deve morar em uma das grandes metrópoles ou no interior do país, este artigo irá ajudar - e muito - na sua escolha!

Veja também: Itália, Portugal ou França? Veja como viver na Europa com o passaporte italiano

Confira agora quais são as cidades mais procuradas pelos brasileiros e o custo de vida no país.

Boa leitura!

 

Quais são as cidades mais procuradas por brasileiros?

 

De acordo com a última pesquisa divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística da Itália (Istat), há mais de 43 mil brasileiros residindo legalmente no país.

No total, são 107 províncias italianas e, dentre elas, as 5 mais habitadas por brasileiros são Milão, Roma, Turim, Verona e Florença.

Além de fazerem parte da lista de cidades mais visitadas do país, por conta das belíssimas paisagens e pontos turísticos conhecidos, elas também são as mais procuradas por brasileiros que desejam seguir carreira e constituir família na Itália.

Custo para morar nas principais cidades italianas.

 

Milão

 

Não é novidade que Milão é uma das cidades mais famosas do mundo. Sendo intitulada como a capital mundial da moda e do design, Milão atrai milhares de estrangeiros e visitantes todos os anos.

No entanto, a vida na cidade da moda possui um custo alto, estimando-se gastar individualmente em torno de 1.900 euros por mês, sem contar despesas extras.

Claro que isso irá depender do seu estilo de vida e da região em que você irá alugar um apartamento, porém, esta é uma estimativa média dos gastos com moradia e condomínio.

 

Roma

 

Conhecida por relíquias como o Coliseu e a Fontana di Trevi, Roma é a segunda cidade mais procurada por brasileiros que desejam viver na Itália.

Se você é um deles, pode estar curioso com o valor estimado que se gasta mensalmente para morar na província.

O aluguel de um apartamento no centro com 2 quartos pode lhe custar entre 1.000 e 2.000 euros mensais, dependendo dos metros quadrados.

Juntando o valor do aluguel, alimentação e transporte, o estimado é 2.600 euros.

Uma boa opção é dividir o aluguel com outras pessoas para não pesar no bolso ao final do mês.

 

Turim

 

Turim é a quarta maior cidade da Itália e abriga mais de 900 mil habitantes, sendo referência em instituições de ensino de qualidade e polos profissionais.

Diferente das outras províncias citadas anteriormente, Turim não requer gastos tão expansivos, levando em conta a qualidade de vida oferecida pelo local.

Em média, o aluguel de um apartamento no centro com um cômodo custa 600 euros, junto com gastos extras de transporte e alimentação, o custo aproximado é de 1.000 euros por pessoa.

 

Verona

 

Famosa por ter sido cenário da peça "Romeu e Julieta", Verona atrai centenas de visitantes todos os anos, principalmente casais que desejam desfrutar do ar romântico e arquitetura belíssima da cidade.

Contudo, se você pretende se mudar para Verona sozinho, o aluguel de um apartamento com um quarto no centro é aproximadamente, 650 euros, sendo que, fora do centro, varia entre 400 e 500 euros. Essa, talvez, seja a cidade mais em conta de se viver em relação às demais.

 

Florença

 

Por fim, a cidade de Florença é considerada o berço do renascimento e, também, a quinta cidade mais procurada por brasileiros.

Seja por conta da arquitetura, arte ou paisagens naturais, Florença abriga diversos visitantes e, ao contrário de outras províncias mais populosas, ela não oferece um custo de vida muito alto.

Um apartamento mobiliado com um cômodo varia de 500 a 650 euros, dependendo do espaço.

Se você optar por dividir o aluguel com mais pessoas, o valor é de 250 a 350 euros.

Quanto ao transporte e despesas extras, o custo é similar às outras cidades, não destoando muito dos preços estimados na Itália.

 

Conclusão

 

O custo de vida na Itália é mais elevado se comparado a outros países da Europa, no entanto, pela qualidade de vida e oportunidades que se tem, o custo-benefício se torna uma grande vantagem.

Além disso, independente da cidade que você escolher para viver, a experiência e aprendizado serão dois fatores muito importantes no seu currículo e para a sua vida.

Se você tem interesse em morar na Itália e possui descendência italiana, não perca tempo e solicite um orçamento conosco!

A dupla cidadania italiana oferece inúmeros benefícios não somente para você, mas para sua família também. Peça um orçamento aqui!

Você também pode se interessar: Vantagens da cidadania italiana: 7 benefícios de reconhecer a cidadania

08/12/2020 | Curiosidades
Compartilhe:
  • Facebook
  • Whatsapp

deixe um comentário

comentários

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

veja o depoimento de quem já fez a cidadania italiana com a Nostrali

ver depoimentos

perguntas frequentes

Tenho direito à cidadania italiana por casamento?

Todos que mantêm casamento civil com cidadão europeu podem solicitar a cidadania italiana por naturalização se cumprirem os seguintes requisitos:

1. conhecimento do idioma italiano nível B1

2. se residentes fora da Itália: casamento civil há 3 anos, se tiver filho o tempo reduz pela metade

3. não ter antecedentes criminais

Por que reconhecer a cidadania italiana

O reconhecimento da cidadania italiana é um direito previsto por lei de todos que tem sangue italiano, ou seja, de todos aqueles que possuem um antepassado italiano. Obviamente devem ser cumpridos alguns requisitos legais e a transmissão da cidadania não deve ter sido interrompida entre as gerações. Além de ser um resgate das próprias origens, a cidadania italiana traz muitas vantagens. Leia a nossa página sobre as vantagens de ser italiano: Vantagens de ser italiano

O que é tradução juramentada e para que serve?

A tradução juramentada no Brasil é uma tradução feita por um tradutor que, após aprovação em concurso público, passa a ser habilitado em um ou mais idiomas estrangeiros e português e cujas traduções são reconhecidas oficialmente por instituições e órgãos públicos no Brasil. 

Para apresentar uma tradução aos órgãos públicos brasileiros (cartórios, tribunais, etc.) a tradução deve obrigatoriamente ser feita por tradutor juramentado brasileiro. Por exemplo, se você precisa retificar uma certidão em um cartório no Brasil, deverá traduzir o documento comprobatório para o idioma português, contratando um tradutor brasileiro juramentado.

Para apresentar uma tradução aos órgãos públicos italianos (consulados, comuni, etc.) é preferível que a tradução seja feita por tradutor italiano inscrito na Junta comercial italiana ou no tribunal italiano. Por exemplo, se você está indo para Itália fazer o seu reconhecimento ou está entregando a sua documentação para o Consulado italiano no Brasil, deverá traduzir as certidões brasileiras para o italiano e, neste caso, é preferível contratar um tradutor italiano por questões de qualidade da tradução e de credibilidade perante os órgãos italianos.

Sou descendente de italianos, porém não tenho sobrenome italiano. Isso é um problema?

Não, isso não é um impedimento ao reconhecimento da cidadania italiana. A cidadania italiana ius sanguinis é transmitida por filiação, por sangue. Ou seja, é suficiente você ter um italiano(a) na sua árvore genealógica para poder solicitar o reconhecimento da cidadania italiana. Vamos fazer um exemplo: seu bisavô veio da Itália, depois nasceu a sua avó e depois veio o seu pai o qual, porém, não tem o sobrenome italiano porque nasceu de uma mãe italiana que não passou o sobrenome para ele. Você mesmo assim tem direito à cidadania italiana, obviamente deverá verificar que não existam impedimentos documentais.

Cidades Atendidas

Rio Grande do Sul - RS
Porto Alegre, Caxias do Sul, Canoas, Pelotas, Santa Maria, Gravataí, Viamão, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Rio Grande, Alvorada, Passo Fundo, Sapucaia do Sul, Santa Cruz do Sul, Cachoeirinha, Uruguaiana, Bagé, Bento Gonçalves, Erechim, Guaíba, Lajeado, Torres, Capão da Canoa, Xangri-lá, Tramandaí, Ijuí, Farroupilha, Santana do Livramento, Carazinho, Garibaldi, Carlos Barbosa, Cruz Alta, Parobé, Sarandi, Vacaria, Santa Rosa, Venâncio Aires, São Borja, Santiago, Gramado, Erechim.

Santa Catarina - SC
Joinville, Florianópolis, Blumenau, São José, Chapecó, Itajaí, Criciúma, Jaraguá do Sul, Palhoça, Lages, Balneário Camboriú, Brusque, Tubarão, Porto Belo, Bombinhas, Caçador, Concordia, Passo de Torres, Navegantes, Balneário Gaivota, Araranguá, São Miguel do Oeste.

Paraná - PR
Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu, Colombo, Guarapuava, Paranaguá, Araucária, Toledo, Apucarana, Pinhais, Campo Largo, Arapongas, Almirante Tamandaré, Piraquara, Umuarama, Cambé, Francisco Beltrão, Pato Branco, Medianeira.

São Paulo - SP
São Paulo, Guarulhos, Campinas, São Bernardo do Campo, São José dos Campos, Santo André, Ribeirão Preto, Osasco, Sorocaba, Mauá, São José do Rio, Preto, Mogi das Cruzes, Santos, Diadema, Jundiaí, Piracicaba, Carapicuíba, Bauru, Itaquaquecetuba, São Vicente, Santos, São Caetano do Sul, Taboão da Serra, Presidente Prudente, Araçatuba, Lençois Paulista, Botucatu, Guaratingueta, Guarujá, Ubatuba, Praia Grande, Adamantina, Marília.Teresópolis, Mesquita, Nilópolis, Rio das Ostras.

Goiás - GO
Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Rio Verde, Águas Lindas de Goiás, Luziânia, Valparaíso de Goiás, Trindade, Formosa, Novo Gama, Senador Canedo, Catalão, Itumbiara, Jataí.

Rio de Janeiro - RJ
Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Niterói, Belford Roxo, Campos dos Goytacazes, São João de Meriti, Petrópolis, Volta Redonda, Macaé, Magé, Itaboraí, Cabo Frio, Angra dos Reis, Nova Friburgo, Barra Mansa, Teresópolis, Mesquita, Nilópolis, Rio das Ostras.

Espírito Santo - ES
Serra, Vila Velha, Cariacica, Vitória, Cachoeiro de Itapemirim, Linhares, São Mateus, Guarapari, Colatina, Aracruz.

Minas Gerais - MG
Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem ,Juiz de Fora, Betim, Montes Claros, Ribeirão das Neves, Uberaba, Governador Valadares, Ipatinga, Sete Lagoas, Divinópolis, Santa Luzia, Ibirité, Poços de Caldas, Patos de Minas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Barbacena, Sabará, Viçosa, São Lourenço, Patrocínio, Alfenas, Itajuba, Unai, Oliveira.

Bahia - BA
Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Itabuna, Lauro de Freitas, Ilhéus, Jequié, Teixeira de Freitas, Barreiras, Alagoinhas, Porto Seguro, Simões Filho, Paulo Afonso, Eunápolis, Santo Antônio de Jesus, Luis Eduardo Magalhães.

Sergipe - SE
Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Lagarto.

Alagoas - AL
Maceió, Arapiraca.

Pernambuco - PE
Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Caruaru, Petrolina, Paulista, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Garanhuns, Vitória de Santo Antão, Igarassu, São Lourenço da Mata, Santa Cruz do Capibaribe.

Distrito Federal - DF
Brasília, Ceilândia, Samambaia, Taguatinga, Plano Piloto, Planaltina, Águas Claras, Recanto das Emas, Gama, Guará, Santa Maria, Sobradinho II.

Mato Grosso - MT
Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Guarantã do Norte, Sorriso, Nova Mutum.

Mato Grosso do Sul - MS
Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá.

Paraíba - PB
João Pessoa, Campina Grande, Sapé, Patos, Bayeux, Cabedelo.

Rio Grande do Norte - RN
Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba.

Ceará - CE
Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Sobral, Crato, Itapipoca, Maranguape, Iguatu.

Piauí - PI
Teresina, Parnaíba.

Maranhão - MA
São Luís, Imperatriz, São José de Ribamar, Timon, Caxias, Codó, Paço do Lumiar, Açailândia, Bacabal, Balsas.

Tocantins - TO
Palmas, Araguaína.

Pará - PA
Belém, Ananindeua, Santarém, Marabá, Parauapebas, Castanhal, Abaetetuba, Cametá, Marituba, Bragança, São Félix do Xingu, Barcarena, Altamira, Tucuruí, Paragominas, Tailândia, Breves, Itaituba.

Amapá - AP
Macapá, Santana.

Roraima - RR
Boa Vista.

Amazonas - AM
Manaus, Parintins, Itacoatiara.

Rondônia - RO
Porto Velho, Ji-Paraná, Ariquemes, Vilhena.

Acre - AC
Rio Branco.