blog

7 Curiosidades sobre a Itália: O que muda do Brasil para o país da bota?

29/04/2021 | Curiosidades
7 Curiosidades sobre a Itália: O que muda do Brasil para o país da bota?

A lista de curiosidades sobre a Itália é bastante extensa, afinal, o país é mundialmente conhecido por sua história e estilo de vida único.

Não é surpresa para ninguém que existam tantos fatos interessantes acerca da cultura da Itália, principalmente com relação a moda, arquitetura e, claro, a gastronomia.

Além disso, se compararmos os costumes do país da bota com os do Brasil, apesar de se assemelharem em alguns pontos, na grande maioria são bem distintos..

Leia também: Processo no Brasil ou na Itália? Onde obter minha cidadania italiana?

Se você deseja entender melhor como funciona o país onde a pizza se difundiu, continue lendo para conferir as 7 principais curiosidades e o que muda da Itália para o Brasil.

Acomode-se e aproveite a leitura!

 

 

7 Principais curiosidades sobre a Itália

 

 

A Itália passou por grandes mudanças ao longo de sua história, sendo unificada somente em 1861, após um período chamado de Il Risorgimento.

Com tantas transformações de costumes, povos e nomes, é praticamente impossível não haver fatos curiosos em torno do país da bota.

Sabendo disso, vamos apresentar agora as 7 principais curiosidades sobre a Itália:

 

 

#7 O quarto país mais populoso da Europa

 

 

A Itália é o quarto país mais populoso da Europa, possuindo, aproximadamente, 59 milhões de habitantes distribuídos em uma área de 301.268 km².

Bastante gente, não é mesmo? Agora pense que a cada 1 km há 200 pessoas.

Isso se deve à alta natalidade do país e à baixa mortalidade.

 

 

#6 A superstição é uma tradição

 

 

Sabe aqueles conselhos de avó, sobre não passar embaixo de escadas ou atravessar a rua quando vê um gato preto?

Superstições como essas podem parecer algo banal para uma grande parcela dos brasileiros, contudo, no país da bota elas são levadas muito a sério, independente da idade.

Um bom exemplo é a tradição de casar em dias chuvosos, pois traz boa sorte para os noivos, e evitar o número 13, sendo visto como o número do azar.

Por esse motivo, se você viajar para a Itália, não menospreze as superstições e entre na onda.

 

 

#5 Vulcões ativos (e muito famosos)

 

 

Viajantes de todos os lugares do mundo vão até a Itália para conhecer suas paisagens naturais deslumbrantes, e os vulcões estão muitas vezes incluídos nestes roteiros.

Vesúvio, Etna e Stromboli são os mais conhecidos e, coincidentemente, todos eles estão ativos. Inclusive, o vulcão Etna é considerado o maior de todo o continente europeu.

Já pensou em visitar um local como esse?

 

 

#4 Fontes de água são um marco histórico

 

 

Apenas a capital da Itália possui 50 fontes de água espalhadas pela cidade, sem contar as minúsculas fontes e pequenas bicas de Roma.

A Fontana Di Trevi é a mais conhecida do país, construída em meados de 1600 pelo Papa Urbano VIII.

Milhares de visitantes vão até a fonte todos os anos para jogar uma moeda, que são coletadas posteriormente e entregues à Cruz Vermelha.

 

 

#3 Itália, o berço de grandes invenções

 

 

É um consenso geral que a pizza, o sorvete e a nutella são criações geniais dos italianos, certo?

Mas aposto que você não sabia que objetos do nosso dia a dia como o óculos e o telefone foram inventados no país da bota também.

Além disso, o piano, o violino e outros instrumentos musicais foram criados na Itália. Portanto, se você gosta de orquestras, agradeça a eles!   

 

 

#2 A massa era servida como um prato doce

 

 

Sim, você leu certo! A massa foi introduzida originalmente como um prato doce para os italianos, comumente servida com mel e açúcar.

O tradicional molho de tomate (muito elogiado, por sinal) só foi adicionado à massa no século XVII, revolucionando a gastronomia italiana.

Atualmente, existem 500 tipos diferentes de massas que são consumidos em todo o país.

 

 

#1 Sabe aquele cafezinho?

 

 

Apesar de não ser o berço do café, a Itália é muito conhecida pelos deliciosos espressos, ristrettos e cappuccinos, desenvolvidos e aperfeiçoados com o passar do tempo pelos italianos.

Um dos cafés públicos mais conhecidos da Itália, e talvez do mundo, é o Caffè Florian, fundado em 1720 na linda Veneza.

A cafeteria se tornou mais do que um local para consumir a bebida, o Florian também é um ambiente considerado histórico e ponto de visita de milhares de viajantes.

 

Diferenças entre o Brasil e a Itália

 

 

Antes de visitar outro país, é crucial saber como funcionam as coisas por lá. Assim, você estará preparado para lidar com os hábitos e estilo de vida do local.

No caso da Itália, muitas pessoas pensam que os costumes são semelhantes aos do Brasil, entretanto, existem inúmeras diferenças que separam um país do outro.

Por isso, se você deseja viajar para a Itália, é importante ter em mente que o país da bota possui características próprias e bem distintas do que você pode estar acostumado.

Uma das principais características que diferem a Itália do Brasil é o tipo de entrada das tomadas, que são constituídas por três círculos na vertical. Além disso, se você entrar em uma cozinha na Itália e não enxergar a geladeira, não se assuste! Lá é muito comum fazer armários personalizados para colocar as geladeiras dentro.

Outra diferença é a ausência do ralo no banheiro. Aqui no Brasil todos os banheiros possuem ralo para que a água utilizada na limpeza escoe.

Já no país da bota, o máximo que você pode fazer é passar um pano molhado e depois um seco. Ainda assim, viajar para a Itália lhe proporcionará uma experiência única e indescritível!

Se você é descendente de italianos, não deixe de conferir os benefícios de reconhecer a dupla cidadania!

 

Leia aqui: Vantagens da cidadania italiana: 7 benefícios de reconhecer a cidadania

29/04/2021 | Curiosidades
Compartilhe:
  • Facebook
  • Whatsapp

deixe um comentário

comentários

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

veja o depoimento de quem já fez a cidadania italiana com a Nostrali

ver depoimentos

perguntas frequentes

Tenho direito à cidadania italiana por casamento?

Todos que mantêm casamento civil com cidadão europeu podem solicitar a cidadania italiana por naturalização se cumprirem os seguintes requisitos:

1. conhecimento do idioma italiano nível B1

2. se residentes fora da Itália: casamento civil há 3 anos, se tiver filho o tempo reduz pela metade

3. não ter antecedentes criminais

Por que reconhecer a cidadania italiana

O reconhecimento da cidadania italiana é um direito previsto por lei de todos que tem sangue italiano, ou seja, de todos aqueles que possuem um antepassado italiano. Obviamente devem ser cumpridos alguns requisitos legais e a transmissão da cidadania não deve ter sido interrompida entre as gerações. Além de ser um resgate das próprias origens, a cidadania italiana traz muitas vantagens. Leia a nossa página sobre as vantagens de ser italiano: Vantagens de ser italiano

O que é tradução juramentada e para que serve?

A tradução juramentada no Brasil é uma tradução feita por um tradutor que, após aprovação em concurso público, passa a ser habilitado em um ou mais idiomas estrangeiros e português e cujas traduções são reconhecidas oficialmente por instituições e órgãos públicos no Brasil. 

Para apresentar uma tradução aos órgãos públicos brasileiros (cartórios, tribunais, etc.) a tradução deve obrigatoriamente ser feita por tradutor juramentado brasileiro. Por exemplo, se você precisa retificar uma certidão em um cartório no Brasil, deverá traduzir o documento comprobatório para o idioma português, contratando um tradutor brasileiro juramentado.

Para apresentar uma tradução aos órgãos públicos italianos (consulados, comuni, etc.) é preferível que a tradução seja feita por tradutor italiano inscrito na Junta comercial italiana ou no tribunal italiano. Por exemplo, se você está indo para Itália fazer o seu reconhecimento ou está entregando a sua documentação para o Consulado italiano no Brasil, deverá traduzir as certidões brasileiras para o italiano e, neste caso, é preferível contratar um tradutor italiano por questões de qualidade da tradução e de credibilidade perante os órgãos italianos.

Sou descendente de italianos, porém não tenho sobrenome italiano. Isso é um problema?

Não, isso não é um impedimento ao reconhecimento da cidadania italiana. A cidadania italiana ius sanguinis é transmitida por filiação, por sangue. Ou seja, é suficiente você ter um italiano(a) na sua árvore genealógica para poder solicitar o reconhecimento da cidadania italiana. Vamos fazer um exemplo: seu bisavô veio da Itália, depois nasceu a sua avó e depois veio o seu pai o qual, porém, não tem o sobrenome italiano porque nasceu de uma mãe italiana que não passou o sobrenome para ele. Você mesmo assim tem direito à cidadania italiana, obviamente deverá verificar que não existam impedimentos documentais.

Cidades Atendidas

Rio Grande do Sul - RS
Porto Alegre, Caxias do Sul, Canoas, Pelotas, Santa Maria, Gravataí, Viamão, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Rio Grande, Alvorada, Passo Fundo, Sapucaia do Sul, Santa Cruz do Sul, Cachoeirinha, Uruguaiana, Bagé, Bento Gonçalves, Erechim, Guaíba, Lajeado, Torres, Capão da Canoa, Xangri-lá, Tramandaí, Ijuí, Farroupilha, Santana do Livramento, Carazinho, Garibaldi, Carlos Barbosa, Cruz Alta, Parobé, Sarandi, Vacaria, Santa Rosa, Venâncio Aires, São Borja, Santiago, Gramado, Erechim.

Santa Catarina - SC
Joinville, Florianópolis, Blumenau, São José, Chapecó, Itajaí, Criciúma, Jaraguá do Sul, Palhoça, Lages, Balneário Camboriú, Brusque, Tubarão, Porto Belo, Bombinhas, Caçador, Concordia, Passo de Torres, Navegantes, Balneário Gaivota, Araranguá, São Miguel do Oeste.

Paraná - PR
Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu, Colombo, Guarapuava, Paranaguá, Araucária, Toledo, Apucarana, Pinhais, Campo Largo, Arapongas, Almirante Tamandaré, Piraquara, Umuarama, Cambé, Francisco Beltrão, Pato Branco, Medianeira.

São Paulo - SP
São Paulo, Guarulhos, Campinas, São Bernardo do Campo, São José dos Campos, Santo André, Ribeirão Preto, Osasco, Sorocaba, Mauá, São José do Rio, Preto, Mogi das Cruzes, Santos, Diadema, Jundiaí, Piracicaba, Carapicuíba, Bauru, Itaquaquecetuba, São Vicente, Santos, São Caetano do Sul, Taboão da Serra, Presidente Prudente, Araçatuba, Lençois Paulista, Botucatu, Guaratingueta, Guarujá, Ubatuba, Praia Grande, Adamantina, Marília.Teresópolis, Mesquita, Nilópolis, Rio das Ostras.

Goiás - GO
Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Rio Verde, Águas Lindas de Goiás, Luziânia, Valparaíso de Goiás, Trindade, Formosa, Novo Gama, Senador Canedo, Catalão, Itumbiara, Jataí.

Rio de Janeiro - RJ
Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Niterói, Belford Roxo, Campos dos Goytacazes, São João de Meriti, Petrópolis, Volta Redonda, Macaé, Magé, Itaboraí, Cabo Frio, Angra dos Reis, Nova Friburgo, Barra Mansa, Teresópolis, Mesquita, Nilópolis, Rio das Ostras.

Espírito Santo - ES
Serra, Vila Velha, Cariacica, Vitória, Cachoeiro de Itapemirim, Linhares, São Mateus, Guarapari, Colatina, Aracruz.

Minas Gerais - MG
Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem ,Juiz de Fora, Betim, Montes Claros, Ribeirão das Neves, Uberaba, Governador Valadares, Ipatinga, Sete Lagoas, Divinópolis, Santa Luzia, Ibirité, Poços de Caldas, Patos de Minas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Barbacena, Sabará, Viçosa, São Lourenço, Patrocínio, Alfenas, Itajuba, Unai, Oliveira.

Bahia - BA
Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Itabuna, Lauro de Freitas, Ilhéus, Jequié, Teixeira de Freitas, Barreiras, Alagoinhas, Porto Seguro, Simões Filho, Paulo Afonso, Eunápolis, Santo Antônio de Jesus, Luis Eduardo Magalhães.

Sergipe - SE
Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Lagarto.

Alagoas - AL
Maceió, Arapiraca.

Pernambuco - PE
Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Caruaru, Petrolina, Paulista, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Garanhuns, Vitória de Santo Antão, Igarassu, São Lourenço da Mata, Santa Cruz do Capibaribe.

Distrito Federal - DF
Brasília, Ceilândia, Samambaia, Taguatinga, Plano Piloto, Planaltina, Águas Claras, Recanto das Emas, Gama, Guará, Santa Maria, Sobradinho II.

Mato Grosso - MT
Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Guarantã do Norte, Sorriso, Nova Mutum.

Mato Grosso do Sul - MS
Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá.

Paraíba - PB
João Pessoa, Campina Grande, Sapé, Patos, Bayeux, Cabedelo.

Rio Grande do Norte - RN
Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba.

Ceará - CE
Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Sobral, Crato, Itapipoca, Maranguape, Iguatu.

Piauí - PI
Teresina, Parnaíba.

Maranhão - MA
São Luís, Imperatriz, São José de Ribamar, Timon, Caxias, Codó, Paço do Lumiar, Açailândia, Bacabal, Balsas.

Tocantins - TO
Palmas, Araguaína.

Pará - PA
Belém, Ananindeua, Santarém, Marabá, Parauapebas, Castanhal, Abaetetuba, Cametá, Marituba, Bragança, São Félix do Xingu, Barcarena, Altamira, Tucuruí, Paragominas, Tailândia, Breves, Itaituba.

Amapá - AP
Macapá, Santana.

Roraima - RR
Boa Vista.

Amazonas - AM
Manaus, Parintins, Itacoatiara.

Rondônia - RO
Porto Velho, Ji-Paraná, Ariquemes, Vilhena.

Acre - AC
Rio Branco.